Claustrofobia

Fogo

Meus sentimentos são claustrofóbicos, precisam de espaço, de ar para respirar…

Definitivamente não tenho obrigações sentimentais… meu amor e todo o resto têm vontade própria, portanto só o que depende da minha razão é preso à deveres e aos “tenho que” da vida, que neste caso se trata da vida profissional…

E então, da vida Vida cuido pra que seja leve e livre… afinal gostar, amar e ser amigo não aprisiona: liberta, é a minha regra.

Quem me sufoca me perde, assim como quem abafa o fogo o apaga…

É a tal claustrofobia que alarma tudo logo que alguém me monitora,  me cobra ou questiona meu modo de sentir e demonstrar meu sentimento…

Não tenho que sorrir, não tenho que ligar e nem fazer nada que seja pra provar meu gostar, o que faço é espontâneo, natural e nem é igual todo dia, é puro instinto…

É por isso que a minha liberdade consiste em aparecer e desaparecer sem jamais me perder daqueles que amo.

Mila Odinino

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s