:: Caliente ::

1tangoEra uma noite quente de quinta-feira, estávamos em uma cidade diferente e eu disposta a ser feliz, que fosse uma noite apenas. O compasso do meu coração acompanhava todas as aventuras prometidas entre sussurros, aquela primavera era favorável ao inesquecível.

Andávamos olhando para os lados, afim de não sermos vistos, – “o proibido sempre é melhor” ouvia sua voz grave me fazendo arrepiar. Mesmo sabendo que tudo o que fazíamos não necessariamente fazia parte da realidade, estava disposta a acreditar naquela história e faze-la vir a tona e quem sabe, transforma-la em realidade naquela noite.

jantarEstava com um vestido azul de costas nuas e pronto para voar junto com os nossos passos rápidos. Subindo o Pelourinho, uma porta amarela nos chamava atenção, não me lembro o nome do restaurante, mas me lembro muito bem da música que dominava os meus ouvidos em um ritmo dançante e alucinante, me fazia mexer os quadris mesmo que esta não fosse a minha real intenção. Achamos uma pequena mesa vaga com dois lugares apenas, o suficiente para nossos corações se alegrarem. Sentamos e pedimos o drink especial da casa feito com Tequila, um perigo para quem não sabe o que significa um desejo ardente.

Meus olhos brilharam quando vi alguns casais dançando na pista que ficava no meio de todos os restaurantes em volta, quem poderia imaginar que todas aquelas portas coloridas nos levariam ao mesmo ritmo. Me sentia extasiada vendo todos aqueles vestidos como o meu voando pela pista nas mesmas batidas da música, senti uma vontade imensa de fazer parte de tudo aquilo, quase uma obrigação, já que estávamos ali e não tínhamos nada a perder.

Ele com a sua blusa branca, vendo meus olhos refletindo uma alegria jamais vista, não perdeu tempo e me convidou para dançar, logo quando a música tinha mudado. O ritmo latino inundava o ambiente, fazendo todos os corpos suados se encontrarem na dança. Levantei e nem pensei em bolsa, carteira, celular ou no proibido, queria ele, queria sentir o calor do nosso amor ali.

paixao8Começamos a dançar com movimentos apaixonados, sentia a mão dele na minha cintura enquanto me rodava e eu via o vulto azul do meu vestido tomando formas como o domínio de uma bailarina. A cada passo de parada sentia os lábios dele colados nos meus ou se apoderando do meu pescoço, me fazendo arrepiar a nuca. Dançamos até o cansaço nos tirar toda a força.

Ao sentar ouvi todas as palavras mágicas que um homem diz a uma mulher quando o coração dele á pertence. Todos os nossos sonhos foram traçados ali e as esperanças estabelecidas.

Ao caminhar retornando para a realidade, me prometi que por tudo que eu passasse nesta vida, aquela noite eu jamais esqueceria. Parei, olhei nos olhos dele, e prometi que seria dele e que ele seria meu e que o nosso amor não morreria, mesmo que o mundo estivesse contra nós.

~By Ellen Figueira ~

As músicas:
★ La Vida es un carnaval – Celia Cruz
★Ricky Martin – La Bamba
Anúncios

Sobre Ellen Figueira

Baiana, administradora, inspirada, apaixonada pela vida e louca nas horas vagas.

2 pensamentos sobre “:: Caliente ::

  1. Daqui, posso confessar com clareza a minha inveja. Mas inveja boa, que fique claro.

    O rodopio da minha mente ao lembrar dos seus quadris mexendo, revigoraram minhas esperanças, fizeram tê-la mais uma vez em minha mente mesmo que por um instante.
    O vislumbre de poder um dia te ter em meus braços novamente, dançarmos aquela dança, e termos diversas outras noites inesquecíveis ainda é bem claro, bem vivo, bem forte.
    Sei que um dia, toda essa inspiração terá um lampejo de lembrança de uma dessas noites que vivemos e viveremos.

    Meu apego é esse sentimento que não me deixa, infelizmente, não me deixa…

    Beijo..

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s