Caminhos

É que ás vezes nos perdemos em caminhos internos, descobrindo meandros, recordando retalhos, e em meio à tantos resquícios esquecemos como voltar…

Ocorre que não existe retorno ao ponto onde paramos e seguir em frente exige muito mais fôlego do era preciso antes.

Já não sabemos mais quem somos, apenas quem deixamos de ser, revivemos tudo aquilo que amamos, só que já não satisfaz.

Ficamos resumidos à oportunidade de vir à ser, nova chance: um novo eu.

Coragem! Ninguém deixou de ser, apenas mudou de paladar, a essência continua a mesma, é só o olhar que vê além e se assusta.

Fecha os olhos e se entrega, não existe mapa, não existe caminho se não houver você inteira e sem medo!

Vamos, o tempo passa e juntos também passamos, agora você sabe e está pronta para criar!

Mila Odinino

Anúncios

Um comentário sobre “Caminhos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s