Inicio Ressentido

download

Um passo de cada vez, medindo e avaliando o caminho a seguir. Respiro com calma e penso, o que seria de nós se realmente jogássemos tudo para cima e nos entregássemos a este sentimento que nem em pensamento conseguimos explicar.

Paro para sentir o que vem a seguir, paraliso em experimentar sua boca na minha, tento ordenar mais uma vez a minha razão, mante-la com os pés no chão. Mas não posso negar, tudo relacionado a nós ultrapassa qualquer normalidade.

Então, com as mãos cobrindo meus olhos sinto os seus passos e me perco em miragens do seu corpo sob o meu.

images (1)

Tento por um instante me desenvencilhar de tudo que me lembra você e me afasto. Meu olhar se mantem longe, focado em uma esperança que não existe.

Desisto por fim, apenas para lhe manter perto com uma amizade que jamais será a mesma. Os sentimentos se congelam, e se tornam afastados do meu coração que se incendeia por momentos.

Não é para sempre, ainda há uma centelha que insiste em incomodar e em se mostrar quando nada mais faz sentido.

E voltamos ao inicio, aonde tudo era novo e do novo transformamos tudo o que vivemos, em uma história que jamais saberemos se terá um fim.

~ By Ellinha ~

Anúncios

Um comentário sobre “Inicio Ressentido

  1. Deixa pra lá... disse:

    Não trata-se mais do início.
    Trata-se apenas de um novo.
    Caminho sinuoso da incerteza.
    Voto de confiança às cegas.
    Do mistério, que é sua natureza.
    A beleza e a sutileza que me apega.
    Do teu sorriso farto, a falta que me faz.
    Enquanto a distância, nos desfaz.
    Sei que suas palavras não condizem ao meu texto.
    Pois, há muito, escolheste outro contexto.
    Dos amores que tive, você foi um dos..
    Dos amores que teves, fui apenas mais um.
    Mas meu amor ainda arde no peito.
    Me deixa sem jeito, sem rumo, sem prumo.
    Te ver e não poder tocar-lhe o rosto.
    Nem um afago, nenhum sussurro..
    Traço o destino sabendo poder mudar-lhe.
    Voltar atrás, dizer o quanto sinto.
    Voltar a te amar, sentindo o quanto digo.
    Digo que rasga-me a carne, corta-me a pele..
    Não cabe em meu peito..
    Apenas anseio que, por um breve momento..
    Tenha de volta o quê perdi, ainda meu por direito.
    Meu lugar a seu lado, é meu amor quem garante.
    E te fazer feliz, para sempre, muito mais que antes..

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s