::: Valor da Liberdade :::

Desde a infância, temos uma necessidade de liberdade, pagando às vezes um alto preço por isso:

  • Aos 10 anos, desejamos ter 14 para podermos ir sozinhos à escola, ou pelo menos para poder sair à noite e chegar mais tarde.
  • Aos 14 queremos ter 18 para não ter horário para chegar das farras noturnas.

E assim, segue uma série de atropelamentos dos anos em que deveríamos viver intensamente sentindo o sabor de cada momento. E os mais velhos sempre nos alertando e aconselhando… – Meu filho, um dia você ainda vai se arrepender por não dar valor a esta época, ah se eu pudesse voltar.

Chegando à fase adulta, vem à definição da palavra NOSTALGIA.. uma saudade sem fim que causa um certo desconforto pelas coisas que achamos que não foram feitas.  Uma lembrança dolorida de um momento mágico que passou e não foi gravado. Queremos lembrar de como era bom, dos amigos, dos aprontes com um saudosismo quase poético e é como se caíssemos na real … o remorso vem com uma sensação que  deixamos de curtir tudo o que podíamos.

Infelizmente este ressentimento gera em nós uma grande mudança, temos a trágica menção do sentimento de perda. Temamos em dar valor apenas às coisas que perdemos e que não podemos ter mais. Daí , levamos todo este redemoinho de confusões à um relacionamento. E tudo desanda…

Você tem alguém, que te ama, te respeita e se orgulha de estar com você. Mas vem aquela mulher fogosa, caliente ou sei lá o que.. e por um breve momento há a entrega, e o valor dado à pessoa que estava ao seu lado é deixado.. largado e abandonado. A troca foi feita, sem nenhum cuidado, sem medir as consequências, a sensação de liberdade novamente vem conquistar o seu espaço desrespeitando toda e qualquer emoção alheia.

Em minha opinião há no meio disso tudo uma coisinha chamada covardia, ficar com duas mulheres ao mesmo tempo ou entre duas escolhas, se imagine na situação inversa. Você é uma pessoa que cuida da outra, tem sentimentos e respeito, e em troca recebe uma traição desde nível. Não existe explicação cabível para este ato. E ainda tentam nos convencer que a única coisa que eles estavam à procura era da  famosa liberdade.

By Ellinha

Anúncios

Um comentário sobre “::: Valor da Liberdade :::

  1. Alecio disse:

    Linda,
    Até onde devemos ir? o que é certo? o que é errado? é certo perdermos um amor por estarmos “comprometidos” a outra pessoa? É errado tentar? e às vezes, depois, percebermos que escolhemos um caminho errado?
    Que posso dizer mais?!?! Bem, posso sim, o que digo é… tenho tentado (e muito) rsrs
    bjos… te adoro

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s