¨¨ Caminhando ¨¨

Eu fujo, me afasto, corro o mais rápido que eu posso, mas meu coração é teimoso, te quer. Te quer perto. O mais surpreendente é que acabo me tornando insistente, e quando me calo, escuto o seu nome pelos quatro cantos.

Coincidência ? Este é o problema, não acredito em coincidência, e sim em providência. Nada acontece por acaso, se estou nesta situação hoje, é porque preciso estar. Preciso aprender alguma coisa com esta situação. Talvez não como te esquecer e sim como lembrar de você da forma correta. Não te vejo mais, minha saudade já dói, me desgasta aos poucos, ao mesmo tempo que, devagar a sua imagem, tenta confundir a minha lembrança, gradualmente lembro menos de você.

Porque dói tentar te esquecer? Por causa da certeza da sua infelicidade hoje, ou pela certeza de como lhe faria feliz? Acho que a dor que eu sinto é por causa da sua renúncia, da sua desistência, ou talvez tudo que eu tenha sentido no seu olhar tenha sido mera imaginação, já não sei mais… será que estou ficando louca? É possível, posso ter sido afetada de alguma forma, pois passei em cima de tantos sentimentos pra fazer tudo o que fiz, pra tentar te conquistar, passei em cima do meu orgulho, mas quem ama não tem orgulho, certo? Por isso vemos tantas loucuras de amor… quem ama fica bobo… sofre por antecipação, esmorece a cada olhar ignorado, padece a cada falta de percepção.

Eu fantasiei histórias, que poderiam ter acontecido “se eu” tivesse escolhido outros caminhos prachegar até você. Eu perdi muitas oportunidades, não porque sou tola, apenas porque eu te respeitei, não quis usar nenhuma “arma contra” você. Eu podia ser sua melhor amiga hoje. Mas não ia saber mentir, meu olhar sempre me entregaria. Certo ou errado, escolhi a sinceridade, nunca tentei esconder meus sentimentos, e nem poderia, prefiro a verdade sempre. Talvez tenha sido este o meu erro, a verdade não é mais tão valorizada quanto antes. A moda é: esconda sempre… a ordem é: sofra sozinho.. nunca deixe ninguém saber dos seus sentimentos. Será este o motivo de tantas doenças malucas, sem explicação ?!

É,  acho mesmo que meu lugar não é aqui. Acho que não fazemos parte do mesmo mundo. Eu tenho defeitos (+), e tenho qualidades (+ +) e ao meu ver, a minha sinceridade é uma qualidade. Se te assustei, desculpe… sou assim, quero ser amada assim.. preciso me sentir valiosa por ser deste jeito. Um jeito meio menina maluquinha, amiga sempre e que não sofre sozinha, tenho em quem me apoiar. Não se esconda por não saber lidar com o MEU sofrimento. Não se afaste,  se não faço o seu tipo. Este é um problema meu, já te falei isso. Te perder sem nunca te ter, é muitooo mais doloroso. Não pense que eu não me decido, ou não sei o que estou falando. Estou muito confusa sim, mas não em relação ao que sinto por você, apenas tudo muito novo pra mim, um pouco da sua paciência é muito valido. Estou aprendendo a lidar com este meu amor platônico. Uma amizade perdida não tem preço… é como perder o SOL.

By Ellinha


Anúncios

Sobre Ellen Figueira

Baiana, administradora, inspirada, apaixonada pela vida e louca nas horas vagas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s